domingo, 10 de setembro de 2017

Morenas Azuis: Power Trio relembra as raízes do Rock n Roll

De Brusque, capital catarinense das malhas surgiu em 2013 um grupo formado por três amigos, Lucas Rhuan (Guitarra e Voz), Pio (Baixo e Voz) e Renan (Bateria e Voz) onde mutuamente tinham um gosto em comum, o amor pela música.



Para a criação do projeto, as principais influências  musicais foram Nirvana, Bad Religion, Los Hermanos, Green Day, Ramones entre outras.

A designação Morenas Azuis se deu através da referência Ramones, o que pode ser considerado um anagrama complementado à capa dos discos do grupo. 



Um ano depois do surgimento, munidos para divulgar seus respectivos sons autorais, os brusquenses divulgaram o primeiro material, o álbum homônimo “Morenas Azuis” que conta com oito faixas, sendo elas, “Toda Noite”, “Nada a Perder”, “Sala de Estar”, “Óbvio”, “É o Que Eu Digo”, “Disfarce”, “Sortudo” e “O Preço”. O trabalho foi gravado por Davi Pacote no Hill Valley Studio em Porto Alegre – RS e angariou muitas críticas positivas em relação ao novo nome no rock catarinense autoral.



Entre 2014 e 2015 os músicos divulgaram dois videoclipes. A primeira da música “Sortudo” que traz um instrumental cadenciado e riffs bem trabalhados. A letra possui resquícios de coragem, intrepidez ao buscar o objetivo principal. Ela já obtém 3700 exibições no YouTube.



A segunda canção “Óbvio” também é inclusa no primeiro full length. A sonoridade mescla o rock n roll, partes blueseiras e rockabilly personificados em riffs rápidos e elétricos. O clipe expõe uma situação cotidiana o qual o personagem principal se encontra em momentos desventurados que chegam a ser cômicos. O vídeo possui 1800 visualizações no YouTube.



Em 2016 a banda difundiu mais um videoclipe, trata-se da música “Gente” que estabiliza um ritmo diferente com referências de Ska e Indie, nela participaram os músicos Alex Sandro Cezar (Trompete) e Paulo Jeske Junior (Trombone). A sonoridade dançante complementa a composição que mostra tipos diversificados de pessoas e seus hábitos.



No mesmo ano, o segundo álbum do grupo “Tudo Pela Social” fora lançado. O disco conta com nove faixas, “Quem Sou?”, “Gente”, “Círculos”, “Medo de Mim”, “O que?”, “Vai a Vida”, “Pátria Armada”, “Anseios” e “Cuidado”. O mesmo teve a produção de Davi Pacote e foi novamente gravado no Hill Valley Studio e também Music Box Studio, ambos na cidade de Porto Alegre – RS.



Recentemente, o grupo caiu na estrada pela terceira vez em sua turnê “Pampa Rock Tour”, o qual passou por diversas cidades do Sul do estado e na Grande Porto Alegre. Todavia, para a divulgação, a Morenas Azuis aproveitou para gravar um EP, previsto para ser lançado ainda nesse ano juntamente com o quarto videoclipe.

Formação:
Lucas Rhuan (Voz e Guitarra)
Pio (Baixo e Voz)
Renan (Bateria e Voz)

Plataformas Virtuais:
Spotify: https://open.spotify.com/artist/5TF1AB1O9JKtx9ErilXb8u
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários: